Pavão Stuartgranti



















Nome Cientifico: Aulonocara stuartgranti "Ngara"
Temperatura entre 22 - 26ºC
PH entre 7,5 - 8,2
Alimentação: No seu habitat alimenta-se de invertebrados e larvas de insectos. Em cativeiro aceita perfeitamente flocos ou granulado de qualidade, e com comida viva ou congelada. porém recomenda-se a inclusão de vegetais.
Dimorfismo Sexual: Os machos adultos são muito coloridos, predominantemente azul e com o ventre e barbatanas caudal cor-de-laranja. As Fêmeas e exemplares juvenis de ambos os sexos são de cor castanha com barras mais escuras. Os machos começam a ganhar cor com uns 6cm.
Tamanho Médio: 13 a 15cm para o macho, uns 10 cm a 12 cm para a fêmea.
Comportamento:Pacifico, gosta de viver com outros peixes de comunidade. As aulonocaras tem “sensores” especiais localizados no maxilar inferior para detectarem invertebrados enterrados no substrato. Ao detectarem uma potencial presa abocanham a areia e peneiram-na através das guelras para separar a areia da presa. Este comportamento de abocanhar e “peneirar” a areia é facilmente observável num aquário em que o substrato seja areia fina, mesmo não existindo presas para capturar.
Reprodução: Depois de um cortejo, a fêmea faz uma incubação bocal, aproximadamente entre 4 semanas e pode dar vida entre até 50 crias.
Tamanho mínimo do aquário: Nunca inferior a 250lts, somente se for para reprodução. Manter 1 único macho com 4 a 6 Fêmeas.
Outras Informações: Muito sensiveis aos nitratos e a mudanças bruscas de Ph.
São provenientes da zona de Ngara e mdoka.
Pode ser mantido com outros malawis relativamente calmos (haplocromídeos), evitando mbunas porque, além de mais agressivos, a maioria das espécies de mbuna tem necessidades alimentares diferentes.
Não manter com outras populações de stuartgranti ou mesmo outras espécies de aulonocaras, pois a hibridação é mais que provável. As fêmeas das várias populações de stuartgranti são praticamente indistinguíveis.

0 comentários:

Postar um comentário