Mudskiper


Nome Popular: Mudskipper Atlântico
Nome Científico: Periophthalmus barbarus
Família: Gobídeos
Habitat: Encontrado principalmente na África Ocidental: desde Senegal até Angola, embora também encontrados em parte da África Oriental como Kenia. Encontrado ainda em estuários e mangues do Mar Vermelho, Austrália, Índia e todo sudeste asiático.
pH: 7.5 a 8.5
Temperatura: 25º a 30ºC
Dureza: 10-25 dH
Tamanho Máximo: 25cm
Sociabilidade: Sozinho ou Grupo
Agressividade: Agressivo ( come peixes )
Manutenção: Difícil
Zona do Aquário: --
Aquário Mínimo: 150L
Alimentação: Onívoro. Insetos como grilos e outros; mosca de frutas; artêmia viva; pedaços de camarão; pequenos peixes. Raramente aceitam rações.
Características Espécie recomendado a aquaristas com larga experiência, devido sua exigência alimentar e fragilidade. Eles respiram através de vasos sanguíneos localizados na parede mucosa da boca e faringe. Suas brânquias devem permanecer sempre úmidas. Deve ser mantido em água salobra com salinidade entre 1010 e 1015.
A musculatura de sua nadadeira peitoral é bastante potente permitindo que escale troncos e raízes facilmente. Na parte inferior tem par de nadadeiras pélvicas que unidas atuam como uma ventosa permitindo que fixe em superfícies sólidas. Possui olhos saltados e móveis, adaptado para enxergar fora d´água permitindo ver em todas direções, inclusive a parte de trás. O aquário para manter esta espécie deverá possuir uma parte com água e outra seca com raízes de troncos. Deixe o aquário bem tampado, freqüentemente podem ser avistados "passeando" pela casa. É extremamente agressivo com seres da mesma espécie, sendo recomendado criá-lo sozinho ou em grupo de 5 ou mais, desde que o aquário comporte.
Reprodução: Não conseguida em cativeiro. Sabe-se que em habitat natural, escavam pequenos buracos na areia entre folhas, onde realizam a postura dos ovos.

Marcadores: , ,

0 comentários:

Postar um comentário